Cravo e Canela

quarta-feira, 27 de abril de 2011

O tocar em frente


Andar devagar porque já se teve pressa é o que diz a música, essa letra encaixa como uma luva tamanho P nas minhas mãos. Se "todo" mundo ama um dia eu não sei, mas que se chora quando é amor e esse vai embora, isso eu tenho certeza....Penso que tocar em frente é necessário, mas o plantar, pulsar, florir e esperar o tempo acalmar é agonizante. Queria muito que o dia a dia me ensinasse a não temer, parece existir um cabo me ligando numa tomada de quinta, pois fica faiscando, atrapalhando o meu abastecimento de energia, mas já já deve carregar direito. Sei tudo que preciso. Todo mundo de certa forma sabe o caminho a  trilhar difícil são as escolhas que se misturam com os ditos obstáculos e por ai vaiiiiii. Ando não sei bem como. Estou insuportavelmente carente. Preciso falar coisas BOAS com gente que só TEM coisas BOAS para falar. Queria tanto esquecer um  pouco a minha vida. Queria falar sobre outras histórias mesmo sendo da carochinha, arrisco até inventar  só para poder desviar o foco. E a minha história? Bom, ela não vai terminar tão cedo, mas isso não precisa ser lembrado todo o tempo o tempo todo. Eu sou assim... dias bem outros nem tanto. EU NÃO TENHO PRESSA, MAS CONHEÇO A MARCHA. Só não posso é dar a ré. 

6 comentários:

Mari-Flor

Cara Caminhante,me emociono sempre que leio suas palavras pela grandeza e sinceridade!Assim como vc tbm perdi há 3 meses o amor de minha vida, só que passa por isso consegue entender o valor de cada palavra expressada em seu blog! Queria eu ter essa facilidade para escrita, pois tiraria de dentro de mim todo peso e dor que a falta me faz. Sinto um buraco, algo meu foi arrancado. Porem, tocar a marcha é preciso, pois a chuva é necessária pro florir. Encaro que tudo q é efémero um dia acabará,mas o Amor e os aprendizados são eternos.Não lhe digo que tudo vai passar, pois n vai.Porem, essa dor criará uma nova forma, as lembranças e os momentos vivido permanecerão sempre em sua memória. Ande devagar, aceite seu ritmo, não apresse os passos, viva seu momento, fale e Grite.Compreenda a Marcha e assim poderá tocar em frente! Compartilhe comigo o que precisar. Abs

Cravo e Canela

Oi Mari,
obrigada pela visita apesar de....
A escrita flui quisera eu escrever belos textos de sonhos com finais felizes como no começo desse blog, onde constava travessuras dos meus filhos e fatos engraçados do cotidiano, mas como não sabemos as trilhas da vida, então, nos deparamos com o inusitado às vezes me esforço, não sou, nem devo ser, a mulher-maravilha, mas apenas uma pessoa: vulnerável e forte, incapaz e gloriosa, assustada e audaciosa. Coloquei meu e-mail no perfil caso queira contato. Beijim

Vivi

Gabi amiga!!!
Ré jamais...
Pode acreditar que é sim uma mulher maravilha, que me deixa cheia de orgulho pela sua coragem, valentia e força que vc tem.
Estamos aqui e vc sabe que o tempo cura tudo, só um pouquinho de calma e tudo vai se resolvendo. Um beijo.

danilo

Desculpe, fui aluno do valdson e fiquei sem acreditar no que aconteceu, apenas sabia que estava muito doente. Mas a vida continua, seja forte, faça de seus filhos o que os pais deles fizeram dele. acompanhei ele e o claudinho varias vezes, um cara complicado, mas muito decente, simples e direto, sem arrudeios.

desculpe a invasão...

Cravo e Canela

Danilo, sinta-se a vontade. Aqui nao tem nada de invasao. Ele na verdade teve momentos dificeis, mas nunca ficou muito doente, antes da sua partida ele era um aço foi um campeao ateh o fim. Obrigada pelas palavras isso tem força. Fico feliz em saber que vc foi aluno. Abraço

danilo

força tem esses seus textos. queria eu ter palavras para comenta-los. estou aqui lendo e tentando entender o por que.