Cravo e Canela

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

LOST


Eu estava relutando em escrever os meus pedidos de 2011. Não sei bem o porquê disso. Acho que seria óbvio e repetitivo, pois só quero a mesma coisa, todo o tempo o tempo todo.
Ando caminhando meio cega. A estrada está afunilando e querendo que eu pare. Meu coração senti uma dor esquisita, daquelas que mesmo com todas as palavras, pensamentos otimistas não se consegue parar. Preciso refazer minha vida em tantos aspectos. Tenho que ter cuidado com tanta coisa e nem sei por onde recomeçar e a quem recorrer. Quero uma dica para poder discordar, como sempre. Falta alguém para me ouvir sem interromper. Sinto necessidade de falar tudo que foi bom e ainda pode vir a ser. As vezes escondo meu dolorido e tento sarar o dos outros parece que ameniza, mas volta. Sempre estou com um semblante feliz. Acho que é raro eu falar que tenho milhões de problemas e estou perdida. Pois é! EU ESTOU PERDIDINHA E TENHO MILHÕES DE PROBL... 

Preciso dançar, transpirar, respirar, falar... só não vou fugir, isso nunca.
Eu faço tudo por você, mesmo que para isso tenha que desistir de mim mais uma vez. EU FAÇO!

"Nenhuma luta haverá jamais de me embrutecer, nenhum cotidiano será tão pesado a ponto de me esmagar, nenhuma carga me fará baixar a cabeça. Quero ser diferente. Eu sou. E se não for, me farei." Caio F.

3 comentários:

bene

Acompanho seu blog, torço por vocês sempre. Acho que você tem tido uma garra admirável. Continue lutando.

Cynthya

Amiga diante de desabafo tão dolorido, sinceramente tudo que me vem a cabeça é muito clichê, por isso eu te digo só uma coisa de coração:

segue teu coração, teus instintos faz o que quiser e puder, para depois não olhar para trás e pensar no que podia ter feito e não fez, fé você tem de sobra mas não sabemos dos planos de Deus :(, e o mais importante não esquece de VOCÊ, pois a vida amiga,continua...

Um beijo nesse coração angustiado, fica com Deus e um bom dia chuvosO :* !!

Cravo e Canela

Nem me fale de chuva, eu tenho pavor de trovão. Aí é que sinto medo mesmo. Hahahaha :*